Notícias

Bansol – 11 anos de história!

A Associação Cristã Banco da Solidariedade – BANSOL, foi fundada oficialmente em abril de 2008 pelo padre Valdomiro Soares Machado, por leigos da diocese de Montes Claros e por representantes da sociedade civil. Há onze anos, a entidade surgia dentro de um contexto de turbulência social, de modo muito especial, o assassinato de maneira cruel e covarde de jovens, na sua maioria, pobres e dependentes químicos. Neste sábado (27), uma celebração eucarística na Catedral Nossa Senhora Aparecida, às 7h da manhã, vai marcar solenemente 11 anos de história de uma associação que busca salvar vidas em cada ação que se compromete a fazer.
NO INÍCIO: A Associação tinha como intuito, ser um eixo para a criação e manutenção de projetos sociais que pudessem mudar de maneira real, a vida dos mais necessitados, não só no caráter assistencialista, mas de maneira efetiva e eficaz, mudando verdadeiramente aquelas histórias que pareciam não ter mais recuperação, devolvendo a dignidade e a cidadania.
PROJETOS: A entidade desenvolveu inúmeros projetos durante esses 11 anos, como o Albergue Municipal Sagrado Coração, que foi gerido pelo BANSOL durante 3 anos em parceria com a Prefeitura Municipal. O Projeto Mãos Solidárias, que assistia famílias do bairro Morrinhos com doação mensal de cestas básicas. A Farmácia Franciscana, que além dos remédios naturais produzidos pelos leigos, eram também captadas medicações pela população, e posteriormente doadas aos que necessitavam, sempre com receituário e acompanhado por farmacêuticos voluntários.
A FAZENDA DA SOLIDARIEDADE: 10 ANOS DE HISTÓRIA –  Seguindo os passos de Francisco de Assis, na qual ele questionava; “Senhor, o que queres que eu faça? ” Assim, nasce a Fazenda da Solidariedade São Francisco de Assis, uma Comunidade Terapêutica que tem como missão, acolher dependentes químicos, oferecendo um tratamento gratuito em regime fechado. Promovendo a ressignificação da doença e devolvendo ao acolhido a autonomia e o protagonismo de sua vida. Tendo como tripé a Família, Trabalho e Espiritualidade, como ferramentas de transformação para a sua reinserção a sociedade. A Fazenda da Solidariedade, que neste ano de 2019, completa 10 anos de fundação, já acolheu mais de 500 dependentes químicos. Paralelo ao trabalho ofertado na Fazenda da Solidariedade, o Grupo de Apoio tratamento Mãos Solidárias, é um grupo de ajuda mútua de dependentes e co-dependentes que se reúnem semanalmente com o auxílio de um facilitador para trabalharem sobre os temas por eles levantados, no ano de 2018, mais de 2500 pessoas participaram do grupo. Além do Grupo, há também os atendimentos psicológicos e sociais na sede da entidade, que visão acompanhar os ex-acolhidos, dependentes químicos que não desejam a internação e seus familiares, todos os atendimentos são gratuitos, e no ano de 2018 conseguimos ofertar mais de 500 atendimentos.

Texto: Daniel Cruz /Bansol e Fazenda da Solidariedade

_________________________________________________________________

***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros  (38 Vivo) 9905-1346 (38 vivo) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected] 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Artigos de Dom José Alberto

Arcebispo Emérito de Montes Claros (MG)

REVISTA

 

ENQUETE

“A Comunidade que contempla o Rosto das Juventudes” é o tema para o Ano Nacional de qual ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Facebook