Artigos

Equilíbrio de vida e o que a mãe natureza nos ensina

Um dos principais desafios que temos presenciado nas pessoas nos tempos atuais é a busca pelo equilíbrio de vida. Como o desequilíbrio da natureza, a vida também tem gritado por causa dos diversos desequilíbrios, como a relação vida x trabalho, as emoções e frustrações nas correrias nossas de cada dia, o desequilíbrio nas relações familiares e sociais, enfim, se a Mãe natureza reage quando afetada no seu equilíbrio, também nossa natureza geme de dor quando perde a medida exata de cada área da vida. O que podemos aprender contemplando a Mãe natureza?

As árvores, os rios, o mar, as aves do céu, enfim, toda a natureza traz em si a beleza, o esplendor, o equilíbrio… naturalmente se inter relacionam e se completam. Mas o que dizer dos furacões, terremotos, maremotos?  O que a natureza em desequilíbrio nos ensina? Quanta destruição, quanta dor! O desequilíbrio modifica a essência – com o maremoto, o mar esconde sua beleza, e sua essência de trazer vida; com os furacões, vai a leveza e a brisa do vento, e fica a fúria e destruição.

Assim também somos nós humanos, nascemos com todo potencial construtivo, com a beleza, com o esplendor do altíssimo que nos fez perfeitos. Tudo em nós deveria funcionar em equilíbrio, mas quando o perdemos temos o risco de nos transformar em algo irreconhecível, temos o risco de perder nossa essência.

A harmonia é um dos grandes aprendizados a contemplar. Descobrir e perceber o tempo de cada coisa, como as estações do ano, o ciclo dos animais e a necessidade de cada espécie para manter o equilíbrio natural. Quando temos uma espécie em demasia, em detrimento de outra da cadeia, acontece a desarmonia, assim quando uma das estações climáticas deixa de “dar às caras” todos sentem as conseqüências. Tudo na natureza foi estabelecido pelo Criador para ser harmônico. É a dinâmica da vida. Na nossa vida cada fase tem sua beleza própria; temos que ter tempo e momentos para a família, para viver nossa espiritualidade, cuidar da saúde, para o trabalho, para o lazer, para os amigos, tudo numa medida justa e harmônica cuidando do nosso equilíbrio emocional. Que áreas de sua vida precisam ser mais harmônicas?

Os oceanos nos ensinam, com suas ondas, que a vida também é repleta de tempos difíceis com suas fortes tempestades e podemos aprender com as dificuldades do dia-a-dia. Quantas vezes perdemos o equilíbrio diante de uma dificuldade e muitos chegam a desprezar a sua força interior, o motivo de viver, e alguns tiram suas próprias vidas!? Que aprendamos com a natureza o poder da superação! Já observaram as aves após uma grande tempestade? Elas erguem suas asas, cantam como se fosse o primeiro dia de suas vidas, se reencontra com seus pares para explorar a extensão do céu, e retornam seu curso de vida, agradecidos ao Criador pelo presente da vida!

A natureza se esforça rumo ao equilíbrio, pois é nele que está o de mais belo, profundo e feliz. Quando tudo parece perdido a natureza tem o dom divino de se adaptar, numa possante flexibilidade e resiliência. Que estes ensinamentos da mãe natureza te tornem belo e forte interiormente, te conduzindo a expressar em todas as estações da sua vida a grandeza de ser Filho de Deus! Retome o caminho do seu equilíbrio de vida, refletindo sobre os seus desequilíbrios e refazendo seus propósitos de ajustar as áreas obscuras de sua vida e potencializar aquelas que já são expressão do amor de Deus!

Colaboração:  Artigo de Gregório Ventura e Eliane Ventura

Voz do Pastor

Dom José Alberto Moura, CSS

Arcebispo Emérito de Montes Claros (MG)

AGENDA

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2018› » 

 

ENQUETE

“A Comunidade que contempla o Rosto das Juventudes” é o tema para o Ano Nacional de qual ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Facebook