Notícias

Escola de Fé e Política terá aula inaugural no dia 11 de maio

Depois de algum tempo parada, a Escola de Formação em Fé e Política, será retomada na arquidiocese de Montes Claros, com aula inaugural prevista para o dia 11 de maio de 2019, no horário de 8h00 às 16h00, no Colégio Imaculada Conceição, centro da cidade. Os integrantes da 4ª turma terão a oportunidade de se aprofundarem no assunto de Fé e Política, aliados à missão e compromisso do leigo.

O objetivo geral da Campanha da Fraternidade 2019 é: “Estimular a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais de fraternidade”. Este objetivo visa desenvolver uma consciência crítica nas pessoas, diante de estruturas que geram a morte e promovem a manipulação da vida humana; e, antes de tudo, e apoiar políticas públicas que garantam a promoção e a defesa da vida.  Para isto é preciso capacitar pessoas que possam atuar nestes ambientes. Diante disto e no intuito de concretizar como gesto concreto da CF 2019, estaremos retomando a capacitação da Escola de Formação em Fé e Política da arquidiocese. Neste ano, a escola continuará o seu percurso em vista de oferecer conhecimento de ordem religiosa, humano e social para este exercício de civilidade, altruísmo e honestidade. Lembrou ainda o arcebispo sobre os critérios que norteiam o perfil do candidato à vaga (conforme critérios estabelecidos no folder anexo), para que se inscrevam no curso de capacitação.

Depois de algum tempo parada, a Escola de Formação em Fé e Política, será retomada na Arquidiocese de Montes Claros, com aula inaugural prevista para o dia 27 de abril 2019, sempre aos sábados de 8h às 17. Os integrantes da 4ª turma terão a oportunidade de se aprofundarem no assunto de Fé e Política, aliados à missão e compromisso do leigo.   O local das aulas ainda não foi definido, assim que confirmarem os inscritos, será repassada a informação. É importante lembrar que as vagas são limitadas.
Para que você entenda melhor o que é, como funciona a quem se destina o curso, veja abaixo o enunciado do folder explicativo da equipe de divulgação:

A Escola de Formação em Fé e Política é uma iniciativa desta Arquidiocese. Objetiva se tornar um serviço à Formação Política dos cristãos/ãs leigos/as sob a presidência do Conselho Arquidiocesano de Leigos (Coarle). Estrutura-se em 11 módulos, contando com a importância da aula inaugural. Possui rede de assessores própria e procura, na medida do possível, articular capacitações em fé e política em todo o Grande Norte de Minas Gerais, aí incluído o Vale do Jequitinhonha. Para a realização desse Curso de formação para cristãos/ãs leigos/as, o objetivo geral é contribuir com a Formação Teológica, Filosófica e Política a partir da vivência cristã e ética, visando uma maior compreensão da realidade política, econômica, cultural e social do Norte Sertanejo de Minas Gerais para a concretização de uma participação efetiva junto às instâncias políticas locais.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:  O curso cria espaços de reflexão e troca de experiências e traz como propostas: formar assessores e assessoras para as nossas comunidades, entidades e organizações sociais; fortalecer as Pastorais Sociais, Movimentos Eclesiais e Outros Organismos da Igreja cuja ação tenha incidência no político social; favorecer a inculturação da ação pastoral política na realidade do Norte Sertanejo de Minas Gerais; orientar e valorizar a participação consciente para o exercício do controle social nas políticas públicas; formar mulheres e homens multiplicadores no campo da fé e da política; formar lideranças cristãs para a participação em cargos eletivos e políticos partidários, que visem a promoção do bem comum a partir do Ensino Social da Igreja; dinamizar formas de participação e acompanhamento às instâncias políticas municipais.

QUEM PODE FAZER? O curso é destinado às lideranças das comunidades eclesiais, pastorais, pastorais sociais, movimentos e organismos; pretendentes a cargos em instâncias políticas. As inscrições são feitas nas paróquias, porém, o pároco deverá indicar, até o dia 12 de abril deste ano, dois representantes por paróquia para participar. Podem ser feitas indicações de organismo e sindicato nesta data também.

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO: A liderança indicada pelo pároco ou por lideranças de movimentos sociais deverá ter disponibilidade de tempo e compromisso de participação em todos os módulos e atividades inter-modulares; ser maior de 18 anos; ser engajado em Pastorais ou Movimentos Sociais, Associações, Sindicatos, Comitês 9840/99; senso de responsabilidade: executar tarefas sugeridas pela Coordenação e assessoria da Escola (leituras, visitas, pesquisas, trabalhos escritos);

METODOLOGIA: Os módulos acontecerão a cada mês, todo sábado totalizando dezesseis horas-aula. Ao final do curso, o participante com 70% de frequência às aulas e às tarefas solicitadas pela Coordenação receberá certificado da Arquidiocese, o que não quer dizer necessariamente que ele terá apoio explícito da Igreja em sua campanha política, caso venha a ser candidato.

PROGRAMAÇÃO
1º) Aula Inaugural  27 de abril 2019
2º) Análise da conjuntura socioeconômica, eclesial e política: instrumentos e métodos de como fazer análise de conjuntura . 27 de abril 2019
3º) Filosofia, Ciência Política e Leitura da Relação Fé e Política na Bíblia .-  Maio 2019.
4º) História dos Movimentos Sociais e da Sociedade Brasileira-  Junho 2019.
5º) Aspectos da Realidade Regional -Julho de 2019
6º) Conceitos de Fé e Política: Ética da Atuação dos Cristãos/ãs na Política – Agosto 2019.
7º) Ética, Espiritualidade e Ensino Social da Igreja –    Setembro 2019
8º) Direitos Humanos e Diversidade Étnica

Outubro 2019
9º) Controle Social e Gestão: democracia social, participativa e pluralista – Novembro  2019
10º) Administração Pública: seu funcionamento, processos legislativos, direitos administrativos
Dezembro 2019
11º) Orientações para a campanha política, mandato e assessoria cristã, ecumênica e inter-religiosa-  Dezembro 2019.

  • “Compreendamos, Senhor, que os discípulos e missionários de Cristo se fundamentam nos teus ensinamentos para agirem no âmbito da política, da economia e nos centros de decisões, a fim de vivenciarem nesses espaços os valores fundamentais, que tornam possível a construção de uma sociedade justa”.  Parte do Juramento da 1ª Turma da Escola de Formação em Fé e Política da Arquidiocese de Montes Claros no dia 10/09/2011
  • A formação de sujeitos eclesiais, que implica em amadurecimento contínuo da consciência, da liberdade e da capacidade de exercer o discipulado e a missão no mundo, deve ser um compromisso e uma paixão das comunidades eclesiais. (Doc. 105 n. 229)
  • A participação do cristão nos conselhos é uma possibilidade de se praticar o Evangelho, a ética, e viver a Justiça. A Campanha da Fraternidade 2019 convoca os cristãos para serem agentes de transformação da sociedade e sementes do Reino nos Conselhos Paritários de Direitos. Texto Base da CF 2019, n.215.
  • Os fiéis leigos não podem absolutamente abdicar da participação na política destinada a promover o bem comum” (CfL, n. 42). “A militância política é missão específica dos fieis leigos que não  se devem furtar às suas obrigações nesse campo” (CNBB, Eleições 2006, p. 27).
  • “…os fiéis leigos não podem absolutamente abdicar da participação na ‘política’, ou seja, da múltipla e variada ação econômica, social, legislativa, administrativa e cultural, destinada a promover orgânica e institucionalmente o bem comum.”(Christifideles Laici, n.42).

MAIS INFORMAÇÕES: Casa de Pastoral Comunitária – Rua Januária, 387, Centro  Montes Claros (MG)
CEP 39.400-077    Telefone: (38) 3016 7707
Atendimento ao público: de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 14 às 18h
E-mails para contato: [email protected]

Se quiser, pode baixar o Folder, a carta e a ficha de inscrição:

Ficha de Inscrição

CONVOCATORIA ENCONTRO FE E POLTICA-2019

 

__________________________________________________________________

***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros  (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected] 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Artigos de Dom José Alberto

Arcebispo Emérito de Montes Claros (MG)

REVISTA

 

ENQUETE

“A Comunidade que contempla o Rosto das Juventudes” é o tema para o Ano Nacional de qual ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Facebook