Artigos

FORMAÇÃO: O ITINERÁRIO DO AMADURECIMENTO

“..Porque o meu povo se perde por falta de conhecimento..” (Oséias 4,6)

Nestes tempos de nova evangelização, a igreja nos convida a suscitar em cada um o ardente desejo para a missão, nos tornando discípulos missionários com nossa vida e nossas palavras. Uma das formas para sermos autênticos discípulos missionários é o amadurecimento da fé pelo conhecimento através da formação. Na história da humanidade o conhecimento era um artigo de luxo, acessível apenas para “homens letrados”. Durante muitos séculos a própria palavra de Deus não podia ser lida e refletida pelo povo. Esta realidade mudou. O itinerário do conhecimento abriu à nossa frente uma enorme porta.

Hoje o conhecimento está à disposição de uma forma ampla, disponível e acessível. São muitos os meios por onde o conhecimento é disseminado, principalmente, através do mundo virtual. São cursos, palestras, livros, artigos, vídeos, enfim uma infinidade de materiais. Mas será que verdadeiramente o povo tem aumentado seu conhecimento e se transformado em um povo mais sábio?

Urge a necessidade de um conhecimento que seja autêntico, além da superficialidade, para que surjam discípulos missionários preparados, capazes de conhecer aquilo que acreditam e contribuam eficazmente para a formação das pessoas. Daí a reflexão do valor da formação enquanto fundamental para ajudar as pessoas a amadurecerem em todas as dimensões da vida e de sua fé.

Durante três anos Jesus foi construindo o processo formativo dos seus discípulos, foi desenvolvendo seu potencial, ensinando as coisas do reino de Deus, redirecionando comportamentos a partir dos seus próprios pontos fracos, tendo em vista a missão reservada para cada um deles. Sem formação o caminho se torna mais perigoso, erros e ignorância podem conduzir a auto- suficiência, extremismos e imaturidades. Por isto, somos convidados a abertura, ao aprendizado e a compreensão aprofundada, de forma permanente.

É preciso investir tempo e energia na formação para que o povo possa ser mais preparado. Um cristão despreparado é fácil de ser enganado. Como leigos cristãos precisamos nos formar, compreender a vida a partir da luz da palavra de Deus, nos abrir a entender o comportamento humano e as diversas dimensões que regem nossa convivência. É necessário que nossas paróquias e comunidades possam proporcionar um ambiente favorável, cativante e atraente com formações variadas para contribuir com o amadurecimento do povo.

Formar pessoas melhores e discípulos missionários é um desafio. Neste sentido o conhecimento é o primeiro passo que conciliado com as experiências da vida e de nossa fé podem nos conduzir a sabedoria. E quando o poder do Espírito Santo agir com seu sopro impetuoso vai utilizar todo nosso conhecimento para potencializar a evangelização, como fez com os apóstolos a partir de Pentecostes. Então, vamos nos formar?!

* Gregório Ventura –  Master Coach 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Artigos de Dom José Alberto

Arcebispo Emérito de Montes Claros (MG)

REVISTA

 

ENQUETE

“A Comunidade que contempla o Rosto das Juventudes” é o tema para o Ano Nacional de qual ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Facebook