Igreja tem muro pichado em Moc

lulasaojudas

Mulheres picham muro da Igreja São Judas em Montes Claros

Cinco pessoas foram presas suspeitas de pichar o muro da Igreja São Judas, no bairro que leva o nome do Santo, em Montes Claros, na madrugada desta quarta-feira (11). De acordo com a Polícia Militar, eles receberam informações de uma testemunha que algumas pessoas estavam causando dano ao monumento urbano. A PM abordou um veículo próximo ao local e prendeu quatro mulheres de 19, 20 e 29 anos, além de um jovem de 19. No veículo foram localizadas cinco latas de spray, que foram utilizadas para escrever “Lula livre STF golpista sujo”.

Ao Webterra, o Padre Antônio Brigido, pároco da Paróquia, informou que terá que mandar pintar o muro e disse que é uma falta de respeito e anti-comunitário.

“Eu nem tive muito tempo para pensar, mas vou mandar pintar hoje. Isso é uma falta de respeito, cada um pode ter seu posicionamento político e partidário, pode se expressar, mas a forma como se expressa é que tem que se revista e respeitar alguns padrões antes de sair pichando propriedade particular, prédio público ou depredando como manifestação política. Isso é anti-comunitário. Quer manifestar, usam outros recursos as redes sociais, por exemplo, porque pichação, além de falta de respeito, poliu”, afirma o Padre.

Os jovens foram levados à Delegacia de Plantão, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência e depois liberados. As latas de spray foram apreendidas

Fonte: Gissele Niza/Webterra

________________________________________________________________

***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros  (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: imprensacatolica@yahoo.com.br

Viviane CarvalhoIgreja tem muro pichado em Moc