Notícias

Padre Ildomar é o novo capelão da capelania da Santa Casa

No dia em que a Igreja celebrou a memória de São Cirilo e São Metódio, 14 de fevereiro, na capela Nossa Senhora das Mercês, no Hospital Santa Casa, o arcebispo de Montes Claros, dom João Justino de Medeiros Silva, apresentou à comunidade o novo capelão da Capelania Hospitalar, padre Ildomar Pereira da Fonseca. O sacerdote acumula a função de administrador paroquial da paróquia Nossa Senhora de Fátima (Delfino), é coordenador arquidiocesano do ECC – Encontro de Casais com Cristo, representa no Leste 2 (Minas e Espírito Santo) a mesma função de coordenador e é a referência no o setor centro da arquidiocese. Para ajudá-lo na paróquia, conta com mais dois padres e dois diáconos.

O decreto de provisão do novo capelão, foi lido logo no início da missa pelo frei Domingos Bento, que também já exerceu a função na capelania. Durante a homilia, o arcebispo destacou o dinamismo e a seriedade do padre Ildomar. Comentou que ao visitar padre José Nonato (falecido), quando estava internado na Santa Casa, ele elogiou o trabalho da capelania, se referindo aos agentes que realizavam com serenidade e competência, o trabalho lhes confiado. Endossou dom Justino, isso é muito importante dentro de um hospital com inspiração católica, como a Santa Casa.  Ressaltou ainda sobre a importância da fé. “Quando olhamos para a criação, Adão e Eva, entendemos que Deus nos fez semelhantes para agir entre si, mas também nos chamou para viver a experiência da fé. Orientou que fosse pedido a Deus, sempre,  uma palavra forte, que fosse capaz de tocar os corações das pessoas.

Desejou que a missão do padre Ildomar, auxiliada pelos agentes da capelania, seja frutífera e que todos encontrem verdadeiramente a palavra para tocar os corações dos enfermos e familiares que os acompanham. “No hospital os enfermos buscam muitas vezes uma palavra que os coloquem em comunhão com Deus”.  Lembrou: Todos devemos fazer com que este hospital seja de fato uma “santa casa”, não de pagãos, mas de cristãos.

Em seguida, passou às mãos do novo capelão, o calendário pastoral da arquidiocese e pediu que através desse gesto, a missão da capelania fosse em comunhão com a arquidiocese.

TUDO É GRAÇA: iniciou padre Ildomar agradecendo a presença de todos. “Missão a gente não escolhe, cumpre”.  Feliz em assumir mais esse desafio em sua vida ministerial, o sacerdote relatou que desde o início da capelania, sempre ajudou nos atendimentos aos enfermos e unções.  Pontuou que não foi fácil, que chegou a pensar em desistir, quando via e ouvia tanto sofrimento. Mas, fiel à missão lhe confiada, continuou. E agora, como capelão, sente-se muito feliz e fará tudo para desempenhar um bom trabalho, prometeu o capelão. Para que sua memória não lhe traísse, agradeceu de forma genérica a todos que foram participar daquele momento importante e significativo para ele.  Quando viu a mãe, a irmã e a sobrinha, se emocionou e foi aplaudido por todos. “Carro apertado é que canta”, usou o dito popular para justificar que mesmo sendo tão ocupado, buscará cumprir tudo que lhe foi confiado.

Ao final da celebração, foi cumprimentado por todos que estavam na capela, formando uma enorme fila, onde de longe, mar azul se formou no interior da capela – os agentes da capelania fizeram questão de acolhê-lo com carinho.

__________________________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38) 99905-1346 (38) 9 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Artigos de Dom José Alberto

Arcebispo Emérito de Montes Claros (MG)

REVISTA

 

ENQUETE

“A Comunidade que contempla o Rosto das Juventudes” é o tema para o Ano Nacional de qual ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Facebook