Notícias

Arcebispo abençoa Igreja Reformada

Foi durante a Festa de São Pedro e São Paulo, neste domingo 02 de julho, que a Matriz de São Sebastião apresentou à comunidade à igreja reformada e o altar novo. Presidiu a Celebração Eucarística o arcebispo metropolitano Dom José Alberto Moura e concelebraram com ele Dom João Justino de Medeiros Silva, arcebispo coadjutor, Padre Eduardo dos Arautos do Evangelho, Frei Domingos Bento Capelão da Santa Casa e serviram os diáconos permanentes.

Logo no início, dom José apresentou dom Justino oficialmente à comunidade de São Sebastião. E falou da importância de tê-lo na arquidiocese ajudando-o no ministério episcopal.

Durante a homilia destacou a importância da Igreja templo, mas enfatizou a necessidade de edificar a Igreja pode de Deus. “Nós temos a grande missão de anunciar Jesus. Precisamos ser pessoas que ajudem a modificar. Vamos juntos, colocar a mão na consciência e olhemos mais para a causa dos sofredores. Estaremos dessa maneira alicerçados a Cristo. Somos igreja para isso. Ele nos dá força. Agradecemos a Deus por todos aqueles que ajudaram a reformar esse templo, casa de Deus”, finalizou dom José.

Em seguida aconteceram os ritos de benção do altar (mesa da comunhão), mesa da palavra e do Sacrário. No momento de Ação de Graças, o conselheiro paroquial André Maia fez o agradecimento especial em poucas palavras.

“Reverendíssimo arcebispo da arquidiocese de Montes Claros, Dom José Alberto Moura. Reverendíssimo Dom João Justino, arcebispo coadjutor. Reverendíssimo Padre Marco Simões, Pe. Eduardo, Frei Domingos, Diáconos, irmãos e irmãs da comunidade São Sebastião, boa-noite!

Assim começa a nossa história. No final da década de 50, surge na Vila Guilhermina, aquela que viria a ser a 3ª paróquia da então diocese de Montes Claros. Com o ardor missionário do jesuíta padre Frederico, as primeiras sementes lançadas se consolidavam. A igreja povo e a igreja templo se edificavam aos olhos de Deus. No dia 20 de janeiro de 1960, inaugurou-se a Igreja São Sebastião pelo então Bispo Diocesano Dom José Alves Trindade, tendo como primeiro pároco, o padre Frederico. Ao longo de 44 anos, os jesuítas nos ensinaram a importância do lema da Companhia de Jesus: “amar e servir”.

Em 2003, ocorre o primeiro processo de desmembramento da Paróquia. No dia 14 de fevereiro, de 2004, o franciscano Frei Waldomiro Soares Machado assume a paróquia. No dia 10 de fevereiro de 2013, toma posse o diocesano, padre Antônio Brígido de Lima. No final de 2016, a paróquia passa por um novo desmembramento. Originaram-se três Paróquias: Nossa Senhora de Montes Claros e José de Anchieta, Nossa Senhora Aparecida e São José e, mais recentemente, a Paróquia São Judas Tadeu. Todos que por aqui passaram cada um a sua maneira deixaram sementes de evangelização. A eles o nosso profundo agradecimento.

Nossa história continua… Agora sob a direção espiritual do padre Marco Antônio Simões Oliveira, diocesano, que tomou posse no dia 1º de fevereiro de 2017. Hoje, dois de julho, há exatos cinco meses, após a sua posse, o nosso coração está em festa com a reinauguração da Igreja e bênção do novo Altar.  É um dia muito especial para nós paroquianos que amamos e preservamos a história da nossa Paróquia; portanto, queremos agradecer a Deus por todas as graças a nós concedidas. Ao arcebispo dom José Alberto Moura, por ter confiado a Paróquia São Sebastião ao padre Marco. Aos fiéis paroquianos que acreditaram ser possível realizar esta obra, arregaçando as mangas e caminhando juntos com um mesmo objetivo, reafirmando que “o povo aqui tem fé”.

Diante desta obra, fruto de determinação, amor e zelo pelo sagrado; agradecemos especialmente ao nosso pároco e diretor espiritual, padre Marco, que tem se dedicado incansavelmente na reestruturação deste Templo, sempre disponível e acolhedor, dando-nos o suporte necessário neste momento tão importante para a nossa comunidade.   Percebemos padre Marco, nas suas atitudes, o seu amor incondicional pela Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo e que o seu decisivo sim, diante de Deus e de toda igreja, nos permite crer que o projeto de Deus é possível.

Que o seu sacerdócio seja luz, aquecendo os corações que buscam em suas atitudes e nas suas sábias palavras uma nova fonte de vida. Que Deus abençoe a sua saúde, seus projetos e as intenções do seu coração, dando-lhe a sabedoria necessária na condução do seu rebanho.

Louvemos ao Senhor de nossa história por todos os evangelizadores que Ele nos enviou nesses quase sessenta anos de evangelização. Obrigado a vocês irmãos que colaboraram conosco. O povo aqui tem fé! E celebra com alegria as maravilhas de Deus no nosso meio. (Autoria do texto de homenagem: Maria Helena Bento Oliveira, Míriam Aparecida Oliveira Maia Amorim e André Luis Oliveira Maia)

Logo depois da celebração, todos foram convidados para um lanche no CEPASSE que também passou por uma pintura e que logo também passará por reforma.

19601136_1230932680363408_6514019470098614238_n 19642713_1230874263702583_4021588948996142088_n

***Mais fotos nas Fanpage´s da Arquidiocese e Paróquia São Sebastião.

____________________________________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...