Artigos Artigos de Dom João Justino

Nossos sonhos

Celebramos, no último dia 10 de dezembro, os 110 anos de criação da Diocese de Montes Claros. Uma efeméride como essa nos dá a oportunidade de reler a história com o coração agradecido por um incontável número de pessoas que se ofereceram de tantos modos para que o Evangelho de Jesus Cristo aqui fosse semeado e frutificasse. Os frutos são visíveis, são muitos, e, ainda assim, há muito a florescer e frutificar. Nesse tempo de ação de graças partilho alguns dos meus sonhos, na esperança de encontrar outros que sonhem comigo o futuro da Arquidiocese de Montes Claros.

Sonho com uma Igreja marcada pelo sentido da unidade. Essa unidade brota da fé que professamos em Deus Uno e Trino e na Igreja Una. Essa fé se desdobra em modos de viver e operar nas comunidades, paróquias, foranias e arquidiocese. Unidade que se manifesta na partilha de cuidados e de bens. Unidade que dá o tom de toda decisão eclesial. Unidade que nos faz gozar das alegrias e do consolo de sermos uma única família, como discípulos de Jesus Cristo. Unidade que não fere nem a pluralidade nem a diversidade.

Sonho com uma Igreja que se nutre e vive da Palavra de Deus. E, para isso, faz todos os esforços para proclamar a Palavra, para cuidar da iniciação à vida cristã, para aprofundar o sentido da fé em cada comunidade, para intensificar a vida espiritual que se nutre também dos sacramentos, especialmente da Eucaristia. Igreja orante que se deixa interpelar pelo seu Senhor e se coloca como Maria, para fazer tudo segundo a palavra de Deus (cf. Lc 1,38). Igreja anunciadora, que não mede esforços para ir a todos os lugares e situações testemunhar a luz do Evangelho.

Sonho com uma Igreja missionária, atenta ao mandato de Jesus: “ide…” (Mt 28,19). Cada um de seus membros, leigos e leigas, consagrados e consagradas, vocacionados e seminaristas, diáconos e presbíteros, nós bispos, todos atentos na percepção das realidades humanas que nos chamam à missão. Sonho em colaborarmos presencialmente com a missão na Amazônia, mas também de nos movimentarmos neste extenso território arquidiocesano, rumo aos lugares onde há clamores por maior atenção pastoral. Sonho que a missão nos ajude a ser mais ágeis, leves e criativos.

Para que esses sonhos se realizem, nós apostamos no caminho da IV Assembleia Arquidiocesana de Pastoral e na nova configuração do organograma pastoral da Arquidiocese, com a instituição das Foranias, dos Vicariatos Episcopais para a Ação Pastoral e para a Ação Social, com a reorganização do Conselho Arquidiocesano de Pastoral e da Coordenação Arquidiocesana de Pastoral. Temos expectativas de que as novas diretrizes da ação evangelizadora, que escreveremos juntos no processo da Assembleia, apontem com clareza os caminhos que farão esses sonhos se realizarem.

Sim, estamos atravessando uma pandemia, mas não estamos sozinhos. Jesus Cristo caminha junto de nós. Ele é o Emanuel – Deus conosco. Os nossos sofrimentos, incertezas e inseguranças desses tempos não lhe são indiferentes. Com os ouvidos atentos aos seus ensinamentos, suplicamos a Ele que faça crescer em nós a compaixão samaritana, capaz de nos fazer interromper viagens para cuidar dos que estão à beira do caminho.

+ João Justino de Medeiros Silva

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹jun 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...