Notícias

Catedral de Montes Claros inicia novena em preparação para a festa de sua padroeira!

Dedicada à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, a Catedral Metropolitana de Montes Claros construída entre 1926 a 1950 se prepara para a festa litúrgica que é celebrada em 12 de outubro, feriado nacional no Brasil desde 1980, quando o Papa João Paulo II consagrou a Basílica de Aparecida, que é o quarto santuário mariano mais visitado do mundo, capaz de abrigar até 45.000 fiéis. A 69ª novena preparatória para a festa daquela que é intercessora junto ao seu filho Jesus, é símbolo da fé, da devoção e da religiosidade do povo brasileiro, traz uma programação litúrgica e festiva que se inicia dia 03 de outubro (quinta-feira) e se estende até o dia 13 (domingo). Durante este período, os fiéis terão uma vasta programação, com celebrações de missas todos os dias sempre às 19 horas, seguidas de barraquinhas com comidas típicas, leilões e shows musicais.  Ficou curioso para participar? Tome nota e leve sua família!

Novena Solene (03 a 13 de Outubro) Programação dos dias da Novena:
7h – Missa  /  15h – Hora da Misericórdia  / 19h – Novena e Solene Celebração Eucarística
1º Dia da Novena (03 de outubro) “Maria e a fidelidade a Jesus Cristo, missionário do Pai!”
19h – Presidente: Dom José Alberto Moura (Arcebispo emérito)
2º Dia da Novena (04 de outubro) “Maria e a Igreja: Comunidade de discípulos missionários de Jesus Cristo!”
19h – Presidente: Pe. André Macedo Veloso – Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Jequitaí/MG
3º Dia da Novena (05 de outubro) “Maria e a missão: anúncio que se traduz em palavras e gestos”
19h –Presidente: Pe. Junio Pereira – Paróquia São João Batista de Guaraciama/MG
4º Dia da Novena (06 de outubro) “Maria missionária: uma cidade onde Deus habita”
20h – Presidente: Monsenhor Silvestre José de Melo – Reitor do Seminário Maior Imaculado Coração de Maria e Cooperador da Catedral
5º Dia da Novena (07 de outubro) “Maria Missionária e a casa, espaço de encontro”
20h – Presidente: Pe. Ivan Clementino da Silva
6º Dia da Novena (08 de outubro) “Maria missionária e a casa, lugar de ternura”
19h – Presidente: Pe. Genivaldo Lopes dos Santos – Pároco da Paróquia Menino Jesus de Praga 7º Dia da Novena (09 de outubro) “Maria missionária e a casa, lugar das famílias”
19h –  Presidente: Dom Darci José Nicioli – Arcebispo de Diamantina – MG
8º Dia da Novena (10 de outubro) “Maria missionária e a casa, lugar de portas abertas”
19h – Presidente: Dom José Roberto da Silva – Bispo de Janaúba – MG
9º Dia da Novena (11 de outubro) “Maria Missionária e os batizados e enviados em estado permanente de Missão”
19h (Levantamento do Mastro) – Presidente: Pe. Valdomiro Soares Machado (Frei Valdo) – Pároco da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida

FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA (12 de outubro)
06h – (Alvorada) Momento Mariano
07h – Missa dos Enfermos – celebrante: Padre Valdomiro Soares Machado (Frei Valdo)
10h – 6ª Carreata de Nsa. Sra. Aparecida – CONCENTRAÇÃO IGREJA SANTOS REIS (Praça 06 de Janeiro – Santos Reis) e bênção dos carros na chegada à Catedral. – Pe. Wagner e Frei Valdo
11h30min – Repicar dos sinos e bênção do Santíssimo Sacramento;
19h – Procissão Solene com Nossa Senhora Aparecida
20h – Missa de Encerramento – Presidente: Dom João Justino de Medeiros Silva, Arcebispo Metropolitano
11º Dia (13 de outubro) – 18h – Celebrante: Pe. Wagner Eduardo Dias – Vigário Paroquial da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida

HISTÓRIA DA NOSSA CATEDRAL: A Paróquia Nossa Senhora Aparecida foi criada no dia 29 de janeiro de 1950, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora da Conceição e São José (Matriz) de Montes Claros. Na época era bispo diocesano, dom Antônio de Almeida Morais Júnior, o terceiro na linha sucessória e cujo pastoreio ocorreu de 1948 a 1951, a quem coube nomear o primeiro pároco, padre Silvestre Isidoro Clasen, que governou de 1950 a 1952. Seguiram-se a ele os padres Gustavo Ferreira de Sousa (1953-1954), Paulo Emílio Pimenta (1954), Agostinho José João Beckauser (1954-1960), João Machado Gomes (1960-1965), Joaquim Cesário dos Santos Macedo (1965-1967), Tarcísio Guimarães Mendes (1967), José Osmar Teixeira (1967-1969), Raymundo Tadeu de Carvalho (1969-1979), João Machado Gomes (1979-1985), Raymundo Tadeu de Carvalho (1985-1988), Luiz Martins Parente (1988-1993), Antônio Alencar Monteiro (1993-2002) e Dorival Souza Barreto Júnior, que tomou posse em 2002. Atualmente é pároco da Catedral, padre Valdomiro Soares Machado (Frei Valdo).

Trata-se de uma paróquia atípica: atende a população que mora na área central da cidade, distribuída nas comunidades do Santuário Bom Jesus, da Capela São José e da sede (Catedral). A paróquia atende também duas comunidades rurais. Existem ainda muitos “paroquianos afetivos”, aqueles que, apesar de residirem em localidades pertencentes a outras paróquias, frequentam o território em questão.

CASA DO BISPO:  Catedral que vem do vocábulo “cátedra”, evoca o sentido da cadeira por excelência de Pedro, o 1º Papa, e, por conseguinte, dos sucessores dos apóstolos, no caso o bispo ou o arcebispo, legítimo representante do Vigário de Cristo em uma determinada “porção do povo de Deus”, conforme definição de diocese encontrada no Código de Direito Canônico.  Com a criação da Província Eclesiástica de Montes Claros, que elevou a diocese à condição de Arquidiocese ou Sede Metropolitana e que tem como sufragâneas as dioceses de Januária, Janaúba e Paracatu, o majestoso templo passou a ser denominado Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. Localiza-se na Praça Pio XII, centro de Montes Claros.

Santuário Bom Jesus: Se refere à antiga capela Cruz das Almas ou Capela das Almas, inaugurada em 1919 pelo padre Manoel Calado. A partir de 1930, ela passou a chamar Santuário Bom Jesus, integrada à recém-criada paróquia de Nossa Senhora Aparecida. O Santuário situa-se na praça Bom Jesus, 116, centro, tendo como referência a rua Belo Horizonte.

Devoção a São José: A Capela São José foi inaugurada no dia 15 de fevereiro de 1995, na rua Germano Gonçalves, 455, bairro São José. Fruto do esforço mútuo dos paroquianos, à época sob coordenação do então pároco, hoje Monsenhor Antônio Alencar Monteiro, que realizaram antigo sonho da comunidade. A capela foi pensada pelo atual coordenador arquidiocesano de pastoral, Padre Reginaldo Wagner Santos. Foi lá também que a Pastoral dos Surdos arquidiocesana começou a dar os primeiros passos. Durante o ano litúrgico, a Catedral metropolitana que engloba todo o significado de paróquia, enfatiza datas como Semana Santa, Tríduo Pascal e festas tradicionais no calendário católico. São José, Sagrado Coração de Jesus e Bom Jesus são alguns exemplos. A Festa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira da Paróquia e do Brasil, também reúne toda a comunidade que se une em oração durante 10 dias – de 03 a 12 de outubro. (Texto retirado da revista do Centenário da Arquidiocese de Montes Claros de 10 de dezembro de 2010)

INFORMAÇÕES: Sobre confissões, casamento, batismo, crisma, grupo de oração, eventos, movimentos e pastorais poderão ser obtidas junto a secretaria paroquial.
Endereço:   Praça Pio XII, 109 – Centro, Montes Claros – MG – CEP: 39.400-064
38 3221-5028 / [email protected]

Funcionamento da Secretaria Paroquial: 
Segunda-feira  (FECHADO)
terça a sexta – 8h às 19h
Sábado – 8h às 12h
_________________________________________
***Viviane Carvalho – Jornalista / Assessora de Comunicação e Imprensa da Arquidiocese de Montes Claros – MG  Contato: (38) 9905-1346 (38) 9 8423-8384  e-mail: [email protected]

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...