Notícias

Dom João Justino encerra Festa de Nossa Senhora de Nazaré.

Vinte dias em festa. Desde o dia 25 de setembro que os paroquianos da Paróquia São José Carpinteiro e Maria de Nazaré, do bairro Independência, em Montes Claros, estão festejando sua padroeira. O período festivo marca as manifestações de fé e devoção na Paróquia. Visitas às comunidades, procissões, carreatas, novena, Missas, tudo isso, promoveram neste ano nacional do laicato, a comunhão com a Igreja.  O calor não foi motivo para que centenas de fiéis lotassem a Matriz de São José Operário e Maria de Nazaré. Muitos traziam suas garrafinhas de água na mão, mas todos, queriam festejar a festa dedicada à Mãe de Deus.

Convidado para presidir a celebração, o arcebispo coadjutor Dom João Justino de Medeiros Silva, refletiu sobre a pergunta do jovem rico, no texto do Evangelho de Lucas, quando este pergunta a Jesus:  Bom Mestre, o que devo fazer para ganhar a vida eterna? (…) Vende tudo o que tens, reparte o dinheiro entre os pobres e ganharás um tesouro nos céus, disse Jesus ao jovem. Este ficou triste com a resposta que recebeu.

Então, com a serenidade que lhe é peculiar, dom João Justino falou para a assembleia atenta: “Irmãos e irmãs, o convite de Jesus para sermos seus discípulos, pede de nós um desprendimento, um despojamento, uma prática do bem. Ao celebrar a festa de Nossa Senhora, invocada aqui como Nossa Senhora de Nazaré, pensemos bem como maria viveu sua vocação. Ela sim, abriu seu coração totalmente ao Senhor. Ela sim, no diálogo com o anjo, não pediu nenhuma garantia.  Maria apenas disse: Faça-se em mim, segundo a tua Palavra! Maria acompanha seu filho. De Mãe, se torna discípula. É preciso confiar, crer, fazer como Maria. Não somos deuses. Somos homens e mulheres. Somos frágeis e pecadores, mas, o Senhor quer contar conosco. Sustenta-nos com a tua graça e nós, abrimos espaço em nossa vida, para que Ele nos ajude a viver os seus mandamentos e a viver na fé”, encerrou assim o arcebispo, sua homilia.

No momento de ação de graças, dom João Justino recebeu de presente uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré. A imagem trazia um manto bordado seu brasão e lema episcopal. Ao receber, agradeceu a homenagem e disse que ela terá um lugar em sua casa.  Padre Jair Pereira da Silva, pároco da Paróquia agradeceu mais uma vez a presença de Dom João na comunidade e a todos que contribuíram para abrilhantar a festa da padroeira deste ano.  Depois da benção final, houve levantamento do mastro. As barraquinhas e show animaram os fiéis e convidados.

__________________________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 9 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹out 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...