Notícias

Dom José preside Missa festiva

Fé e devoção marcaram os festejos em honra a Nossa Senhora Aparecida que aconteceu em todas as igrejas dedicadas à Santa no Brasil. A Padroeira do Brasil e também da Catedral de Montes Claros arrastou uma multidão de fiéis no dia 12 de outubro durante todas as manifestações religiosas que ocorreram neste dia nas igrejas da cidade. Alvoradas, Momentos Marianos, Reza do Santo Terço, Celebrações de Missas e Procissões marcaram o dia santo.

Na Catedral durante Missa presidida pelo Arcebispo metropolitano Dom José Alberto Moura para centenas de pessoas que acompanhavam a celebração dentro e fora da igreja o pastor da Igreja Particular de Montes Claros destacou a importância da Festa lembrando que homenageando a Deus estariam louvando a Mãe dEle sobre o título de Nossa Senhora Aparecida.

“Como é bom celebrarmos a festa de nossa mãe Maria através da celebração da Eucaristia” e continuou citando o tema referência para a reflexão da última noite de festa “Recorda–te da tua misericórdia e do teu amor que são eternos”. “Meus irmãos e irmãs, quero nesta noite falar primeiramente às crianças.  Desejo que vocês se tornem “gente grande” no amor, na misericórdia e na bondade quando se tornarem adultos. Somos chamados a nos tornarmos crianças na pureza de intenção e retidão. Deus pensou no humano para que o humano seja realmente humano e não desumano. Mas Ele sabia que a humanidade seria desumana – mas mesmo assim quis mostrar sua misericórdia para conosco. É na fonte do amor que encontramos a misericórdia”.

Lembrou também o pedido do Santo Padre o Papa Francisco nesse dia Santo no Brasil quando pediu pelo fim da Guerra da Síria que já completam 5 anos. No Brasil, disse dom José, talvez o trânsito, as drogas, os assaltos, as desigualdades sociais, o desrespeito às crianças, os desentendimentos entre casais matam mais que a guerra. Quanta gente sem trabalho,quantas pessoas fazem uso da política de forma inadequada injustiçando tanta gente que vive à margem da sociedade. Ah! Se Deus não fosse misericordioso! Exclamou o arcebispo: “Somos chamados aqui e agora  nesta celebração da festa de nossa Mãe a sermos misericordiosos e cheios de amor – é preciso que temamos à Deus. Maria nos ensina a cada dia como escutar seu Filho.  Homenageando Maria, encurvemo-nos gratos por esta Mãe que deu seu sim a Deus para realizar o projeto de amor do Pai. E ao finalizar fez uma prece: Auxiliai-nos mãe para que sejamos amorosos e misericordiosos como vosso Filho enviado pelo Pai”, concluiu o arcebispo.

Ao final da Santa Missa, no momento de Ação de Graças crianças entraram na igreja contando a história da aparição da Santa Padroeira do Brasil e cantaram uma música em sua homenagem. Antes da benção final dom José anunciou que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil- CNBB declarou no dia 12 de outubro de 2016 a 12 de outubro de 2017 o ano Mariano no Brasil em decorrência dos 300 anos de aniversário da aparição de Nossa Senhora no Rio Paraíba interior de São Paulo. Disse ainda que a imagem peregrina que ficou mais de trinta dias na Arquidiocese no ano passado em visita por decorrência dessa comemoração do tricentenário está em seu poder, como presente para a Arquidiocese. Ao final da Santa Missa shows e barraquinhas animaram os fieis que celebraram o dia dedicado à Padroeira do Brasil e da Catedral de Montes Claros.

***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail:[email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹out 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...