Notícias

LEITURA DA VIDA: 60 anos como Jesuíta

sefrine edom

A Paróquia N.Srª de Montes Claros e São José de Anchieta celebrou dia 23 de março às 19h o Jubileu de diamante do Padre Luiz Sefrin que, daqui a 2 anos celebrará 50 anos de sacerdócio. A Santa Missa foi presidida pelo Arcebispo de Montes Claros, Dom José Alberto. A Igreja estava cheia. A alegria da assembleia era visível. De crianças a idosos, todos queriam compartilhar a sua alegria.

Vamos conhecer um pouco da história deste servo que doou sua pequenez e sua juventude para amar e servir a Cristo na pessoa do próximo.

Pe. Luiz Sefrin (por ele mesmo) Sou o padre Luiz Sefrin, estou celebrando 60 anos de jesuíta neste ano (21/03/1958-2018). É toda uma história vivida descobrindo a presença e o amor de Deus a me guiar.

Meu pai era católico e minha mãe luterana. Eram cristãos que viveram sua fé em Jesus Cristo num tempo em que não se vivia um clima de diálogo ecumênico. Perdi minha mãe aos 8 anos. Deus colocou muitos “anjos da guarda” na minha vida, pessoas boas que me ajudaram a crescer como pessoa e como cristão (professores, padres, jovens, homens, mulheres), sendo bons amigos. Lembro a Palavra de São Paulo: “Todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus”. (Rom 8, 28).

Num retiro de jovens organizado pelo Colégio São Luís, jesuíta, em São Paulo, descobri que Deus era o fundamento de minha vida, que Ele era a pessoa mais importante da minha vida. Entrei para um grupo de jovens nesse colégio, onde eu estudava. Cresci na minha fé em Jesus Cristo e na participação na comunidade. No fundo do meu coração fui sentindo o chamado de Deus para entregar a minha vida ao seu serviço. Fiz o discernimento durante o ensino médio, acompanhado por um padre jesuíta que me ajudou e fui amadurecendo uma decisão vocacional.

Com 18n anos entre para a Companhia de Jesus, tornei-me jesuíta, companheiro de Jesus. Comecei a viver a aventura de minha vida totalmente consagrada para Deus. Primeiro, no tempo de formação espiritual, comunitária, de estudos, apostólica. Fui me conhecendo, descobrindo meus dons para o serviço, conhecendo minhas fraquezas para superá-las, enfrentando as dificuldades que me ajudaram a amadurecer. Fui aprofundando no carisma jesuítico, ser disponível no envio para outras missões recebidas, a serviço da Igreja.

Depois da formação inicial e da ordenação sacerdotal (1971), em todos os lugares para onde fui enviado, sempre trabalhei com retiros espirituais para os jovens e religiosos(as), como orientação espiritual e vocacional. Trabalheis em São Paulo, em Brasília fui assessor da Pastoral da Juventude da CNBB e, por quase cinco anos como assessor na Arquidiocese de Brasília. Tive várias experiências dentro e fora do Brasil. Foi quando recebi uma nova missão para Servir em Montes Claros. Desde o final de agosto de 2006 estou aqui na Paróquia Nossa Senhora de Montes Claros e São José de Anchieta para caminhar junto com todo o povo de Deus, estando a serviço das famílias, jovens, idosos, doentes, comunidades, pastorais, etc. sempre integrado com as orientações e os trabalhos da Arquidiocese, com muita alegria, ânimo e dedicação.

Agradeço a Deus Trino a sua misericórdia para comigo em todos estes anos. Que ele me dê a graça de eu ser um pequeno sinal visível de sua misericórdia e de sua solidariedade para com todos, a partir dos mais necessitados.  EM TUDO AMAR E SERVIR, como viveu Santo Inácio de Loyola, fundador dos Jesuítas.

Texto e fotos: Maria Inês PASCOM   Colaboração: Liturgia/Paróquia N.Srª de Montes Claros e São José de Anchieta

_________________________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹out 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...