Notícias

Live nesta quinta-feira: Como manter viva a missão de catequizar em tempo de pandemia

A live promovida pela Comissão Bíblico-Catequética da Arquidiocese de Montes Claros nesta quinta-feira, 29 de abril, vai abordar o tema “Como manter viva a missão de catequizar em tempo de pandemia” e contará com a participação do Arcebispo de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom João Justino de Medeiros Silva. O bate-papo será mediado pela coordenadora da Comissão Arquidiocesana de Catequese, Caroline Marques, que facilitará o aprofundamento da temática com o arcebispo e fará a interação com os catequistas.

A Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Montes Claros conversou com a coordenadora Caroline Marques, que partilhou sobre a realidade que os catequistas tem enfrentado diante da pandemia da COVID-19 para que as famílias, especialmente os catequizandos, não dispersem nesse período e qual a perspectiva do encontro dos catequistas com o arcebispo dom João, que será pelo Facebook @catequearquimoc

Confira a live:

Confira na íntegra a entrevista com Caroline Marques:

Ascom: A pandemia mudou quase tudo ao nosso redor e a catequese não ficou fora dos impactos causados por ela, como está a realidade da catequese em nossas paróquias da Arquimoc?
Caroline Marques: “A catequese nas nossas paróquias e comunidades precisou passar por adaptações, como tudo. Nesse sentido, assim que houve a necessidade do distanciamento, em grande parte das paróquias e comunidades, a catequese deu continuidade nas suas atividades de forma online, utilizando as plataformas digitais, redes sociais e aplicativos de mensagens. Infelizmente na nossa Arquidiocese temos muitos lugares onde o acesso a essas ferramentas digitais é muito difícil. Nesse sentido nossos catequistas têm tido um trabalho redobrado para não deixar que essas crianças, adolescentes e adultos fiquem sem acompanhamento, preparando material de catequese para que essa evangelização ocorra em casa, nesse sentido os pais têm tido um papel fundamental. Sabemos que os primeiros catequistas são eles, essa pandemia trouxe à tona o quanto isso é importante”.

Imagem: Antônia, Catequese da Paróquia Senhor do Bonfim de Bocaiuva, 2021.

Ascom: Quais os principais desafios encontrados na catequese?
Caroline Marques: “São vários e distintos, podendo citar aqui a dificuldade de acesso à internet, famílias que não possuem computadores ou mesmo celulares smartfones, com tecnologias e ferramentas, para o desenvolvimento da proposta da catequese. A falta de apoio dos pais e responsáveis, muitos não tem tido tempo para acompanhar esse processo, principalmente quando a catequese é direcionada para as crianças. Mas sabemos como tem sido cansativo essa jornada que as famílias tiveram que enfrentar, com a educação on-line e trabalho remoto e outras tantas realidades que surgiram nesse novo tempo”.

Ascom: Há alguma orientação para os pais e catequistas diante da realidade que estamos agora?
Caroline Marques: “A nossa orientação tem sido para que o catequista ajude os pais a promoverem um espaço familiar onde a evangelização aconteça. A partir de leituras de textos bíblicos, vivência das celebrações eucarísticas junto dos familiares. Orientações essas que damos durante toda a catequese, não só nesse tempo de pandemia, e para todas as etapas, não só a infantil, mas a crisma e a catequese de adultos. Acredito que devemos viver esse tempo com muita paciência e sabedoria. Buscar desenvolver uma vida e rotina de oração para que o Espírito Santo nos direcione. Mais do que nunca devemos exercitar e alimentar nossa espiritualidade, para que a esperança de ultrapassar esse momento não nos escape. Precisamos lembrar que a evangelização das nossas crianças, jovens e adultos é uma urgência. Não podemos deixar de fazer o que estiver ao nosso alcance para que isso ocorra”.

Ascom: Qual o objetivo da Live cm Dom João no dia 29?
Caroline Marques: “O objetivo é partilhar um pouco do que temos vivenciado. O tema “Como manter viva a missão de catequisar em tempo de pandemia”, foi pensado para suscitar em nós um desejo ainda mais profundo de evangelizar, nos levar a entender que é justamente nos momentos de turbulência que não podemos deixar de anunciar a Boa Nova que é Cristo. Lembrar a nós mesmos que não estamos sozinhos, Cristo está conosco, é Ele quem nos conduz. O dia a dia não tem sido fácil, não é fácil ser catequista e estar distante do catequizando, não é fácil estar distante das nossas atividades pastorais, do convívio comunitário, mas logo estaremos juntos novamente agradecidos a Deus por tudo. Essa live também é um espaço para que os catequistas da nossa Arquidiocese possam tirar as suas dúvidas e compartilhar da sua experiência de catequese durante esse período de pandemia”.

Ascom: Quem é convidado a participar desse encontro?
Caroline Marques: “O nosso desejo é que todos os catequistas participem. Além disso fazemos o convite para todos que vivem essa missão de catequizar, como os agentes de pastorais, que em algum momento vivem essa experiência de evangelizar e aos pais que são os primeiros catequistas”.

_______________________________________________
***Fabíola Lauton – Comunicação da Arquidiocese de Montes Claros
(38) 9 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹out 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...