Notícias

Mais de 6mil pessoas participaram da procissão e missa de São Judas Tadeu!

“Eu me curei do câncer e da depressão, hoje ajudo pessoas que passam por tudo isso”, aos 63 anos de idade, dona Maria do Socorro Dias é devota fervorosa de São Judas Tadeu. Descalça, com uma vela em uma das mãos e na outra um terço, Socorro caminha a passos lentos, diante da disputada imagem de São Judas Tadeu, durante a tradicional procissão até chegar à matriz dedicada ao padroeiro das causas impossíveis. Na avenida um mar de gente! A multidão cantava, rezava e louvava ao Senhor. Animando o povo de Deus, o padre Fernando Soares intercalava pequenos depoimentos daqueles que conseguiram uma graça por intermédio do mártir.

De acordo com a MCTrans, mais de 6mil pessoas participaram da procissão e missa de encerramento da Festa de São Judas Tadeu. O pátio e a igreja pareciam pequenos pela multidão que acolhiam. A missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano, dom João Justino de Medeiros Silva, o pároco padre Brígido Lima e o vigário paroquial, padre Fernando Soares. Serviu o diácono Paulo Nascimento.

Dom Justino fez questão de acompanhar a procissão, desde a saída da praça da Prefeitura. No meio do povo, o pastor da Igreja Particular cantava e rezava. “É gratificante podermos fazer essa caminhada de fé com nosso arcebispo ao lado”, disse Tadeu Santos Silva, aposentado, devoto que recebeu o nome de Tadeu por uma promessa de sua mãe para que conseguisse engravidar. “Se eu tiver um filho, prometo dar-lhe o nome de Tadeu”, repetiu ele, as palavras que sempre ouvira de sua mãe. Com uma rosa nas mãos (conquistada a muito custo)  pois foi difícil aproximar do andor onde estava a imagem do seu padroeiro. “Ela não teve como vir, e me pediu que eu levasse algo”, disse emocionado, ao lembrar de sua mãe (hoje aos 96 anos acamada), o único filho homem de dona Ana, o caçula de uma família de 9 mulheres.

Dom João lembrou o importante papel do apóstolo Judas Tadeu na história da Igreja. Ele que foi um apóstolo que caminhou sempre ao lado de Jesus, rumo ao encontro do Pai. Falou sobre a missão e como podemos nos sentir parte dessa Igreja de Cristo. Antes da procissão, falou da importância da peregrinação. Momento importante para que compreendamos o Evangelho de Jesus e o coloquemos em prática em nossa vida, como serviço ao Reino de Deus.  Após a celebração eucarística, a festa continuou com apresentações culturais, prêmios e as delícias oferecidas nas barraquinhas organizadas pelos paroquianos.

________________________________________
***Viviane Carvalho – Jornalista / Assessora de Comunicação e Imprensa da Arquidiocese de Montes Claros – MG  Contato: (38) 9905-1346 (38) 9 8423-8384
e-mail: [email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹mar 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...