Notícias

Nota de pesar da CNBB

Dom Leonardo Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília (DF) e secretário-geral da CNBB, assina nota de pesar pelo falecimento de dom Diógenes Silva Matthes, bispo emérito de Franca (SP) ocorrido na madrugada deste domingo, 20 de novembro. “Dom Diógenes deixa-nos uma história pessoal de especial significado”, afirma dom Leonardo que envia cumprimentos de condolências aos familiares de dom Diógenes, ao bispo titular de Franca, dom Paulo Beloto e às comunidades da Diocese.

Leia a Nota na íntegra: Nota de pesar da CNBB pelo falecimento de Dom Diógenes Silva Matthes

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu, com grande pesar, a notícia do falecimento de dom Diógenes Silva Matthes, bispo emérito de Franca (SP), neste domingo, 20 de novembro. Enviamos nosso abraço fraterno aos familiares, a dom Paulo Roberto Beloto e a todos os membros das comunidades da Diocese.

Dom Diógenes deixa-nos uma história pessoal de especial significado. 85 anos de vida, sendo 59 como padre e 45 como bispo. Seu lema episcopal foi uma recordação de alegria permanente: “Amados no Senhor”.  Essa lembrança remete atenção especial à Palavra do Papa Francisco na Encíclica Evangelii Gaudium: “A Igreja deve ser o lugar da misericórdia gratuita, onde todos podem se sentir acolhidos, amados, perdoados e animados a viverem segundo a vida boa do Evangelho” (n.114).

Em preces, suplicamos ao Pai Misericordioso que acolha este nosso irmão e faça brilhar para ele a luz eterna: “E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais” (Jo 11,26).

Em Cristo,
Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília-DF
Secretário-Geral da CNBB

DOM DIÓGENES:  Faleceu hoje às 5 horas da manhã, em Franca (SP), dom Diógenes Silva Matthes, bispo emérito da Diocese, aos 85 anos de idade. Pe. Célio Adriano Cintra, Chanceler da Diocese que assina a nota de falecimento, afirma que “a Diocese de Franca louva e agradece a Deus por sua longa vida que ficará indelevelmente marcada entre nós e na história da Diocese por suas grandes obras em favor do Evangelho e da Igreja Particular de Franca”.

Dom Diógenes nasceu em 12 de outubro de de 1931 na cidade de Caconde (SP). Foi ordenado padre em 1957 e bispo em 11 de março de 1971.  Segundo o site GCN, de Franca, dom Diógenes foi o “responsável pela ordenação da maioria dos padres da diocese (ele contabilizava mais de 70) e pela criação da maior parte das paróquias”. Também partiu de Dom Diógenes “a divulgação da devoção à Santa Gianna, que, por meio de um milagre operado em Franca, possibilitou sua canonização em Roma”.

A Nota da Diocese manifesta pesar pelo falecimento: “manifestamos aos familiares nossos sentimentos de pesar e dor pelo passamento desse Servo do Senhor que, agora, é chamado a viver em plenitude a vida dos justos. Seja conforto e consolo a fé na Ressurreição e na Vida Eterna dadas pelo Cristo aos que Nele creem como dom Diógenes sempre testemunhou e pregou”.

O corpo está sendo velado na Catedral de Franca e  houve celebração da Santa Missa de corpo presente às 17h e 19 h e o sepultamento será realizado na segunda-feira, 21 de novembro, após a missa das 10h.

domeugenio

Fonte: CNBB

________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...