Notícias

O Lar Nossa Senhora comemora 70 anos de história se reinventando em plena pandemia

Em 1950 o Coronel Philomeno Ribeiro juntamente com sua esposa, Sr. Laudelina Ribeiro Maia e sua cunhada Sr. Luíza Magalhães Santos doaram a Mitra Diocesana de Montes Claros, um terreno com a condição que “o edifício descrito nesta doação fosse destinado a um orfanato para “meninas indigentes” em função do elevado número de abandono das crianças do sexo feminino na época. Dessa maneira, em 07 de março de 1951, foi fundado o Lar Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que surgiu como uma alternativa para a situação de indiferença e descaso em que viviam as crianças, principalmente as do sexo feminino.

O LAR mais conhecido como ORFANATO configurou-se durante 69 anos como Unidade de Acolhimento que atendeu o público feminino com idade entre 02 e 12 anos que tiveram seus direitos violados, encaminhados pela Vara da Infância e Juventude, assegurando-lhes moradia, alimentação, saúde, educação, lazer e cultura, além do trabalho com suas famílias.

Como complemento ao serviço de acolhimento o LAR sempre ofertou programas e projetos sociais de caráter preventivo com a comunidade em situação de risco e vulnerabilidade social disponibilizando cerca de 150 vagas para crianças, adolescentes e adultos nas oficinas de Reforço Escolar, Informática, Artes Plásticas, Inglês, Dança de rua, Balé, Judô, Corte e costura e Leitura.

Desde março de 2020 estamos todos estamos vivenciando um momento atípico em função da pandemia. E, no ano em que completa seu 70º aniversário o LAR, em tempo recorde, reinventa-se após suspensão das atividades presenciais, para não deixar de atender as crianças, adolescentes e famílias em situação de risco e vulnerabilidade social.

Se nosso público por questões de segurança e respeito às normativas não pode vir até a instituição, optamos por superar nossas barreiras geográficas de localização e o LAR foi até a comunidade. Durante todo este período de pandemia o LAR está semanalmente visitando e acompanhando as crianças, adolescentes e famílias atendidas, fazendo concessão de cestas, básicas, verduras e frutas, vestuário, material de higiene e limpeza, distribuição de máscaras, encaminhamentos para rede de atendimento público e realizando trabalhos de escuta qualificada.

Ao longo de 70 anos o LAR foi pioneiro, se desenvolveu, desenvolveu novas tecnologias de atendimento, aperfeiçoou sua infraestrutura respeitando as características arquitetônicas de seu espaço e mais uma vez adotou uma conduta audaciosa frente ao enfretamento ao novo coronavírus. Os desafios foram muitos, mas sempre soubemos superá-los para continuar sendo fiéis a nossa essência de atuação na Assistência Social e promoção humana.

Na programação de atividades em alusão aos 70 anos do LAR, que será realizada de forma híbrida ao longo do ano 2021 e está sendo organizada respeitando todos os protocolos de segurança orientados pela OMS. Participarão em momentos diversos um número limitado de amigos e parceiros presencialmente na sede da Instituição, outros farão parte das solenidades e celebrações conectados virtualmente, a fim de evitar aglomerações nas dependências do Lar, será realizado ainda todo um trabalho utilizando diversos canais de comunicação.

Na oportunidade, agradecemos a todos os voluntários, parceiros, doadores e colaboradores, pois sem esta mobilização e trabalho em rede o LAR não conseguiria atender e transformar a realidade de tantas famílias.

Texto e imagens: Comunicação Lar Nossa Senhora

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...