Notícias

185 anos da Paróquia de Brasília de Minas

D.Justino celebra logo mais 185 anos da Paróquia Senhora Sant´Ana

A Paróquia Senhora Sant´Ana de Brasília de Minas está em festa pelos 185 anos de criação. Os festejos iniciaram dia 17 de julho e encerram hoje, 26 de julho, dia da padroeira,Senhora Sant´Ana. A Missa solene será presidida pelo arcebispo coadjutor Dom João Justino de Medeiros Silva.  “Com Maria e Senhora Sant´Ana, ser uma Igreja que cuida da família, presente de Deus” é o tema que marca a comemoração dos fieis dessa comunidade de fé.  Logo após a programação, você pode conhecer um pouco da história da paróquia através de um texto escrito pela paroquiana Maria Inês de Matos Gonçalves que segue na íntegra.

Programação para hoje, último dia:

(26/07) Quarta Feira – FESTA DE SENHORA SANT’ANA
Responsáveis pela Liturgia: Equipe Litúrgica da Paróquia
09h – Santa Missa na Matriz de Senhora Sant’Ana
12h – Toque de sinos e queima de fogos
17h – Procissão com Imagem da Padroeira Senhora Sant’Ana
* Presença de todas as Comunidades Paroquiais com banner
19h – Santa Missa de Encerramento presidida pelo Arcebispo Coadjutor Dom João Justino de Medeiros Silva.

A história:

A PARÓQUIA SENHORA SANT’ANA DE BRASÍLIA DE MINAS COMPLETA 185 ANOS

O Município de Brasília de Minas originou-se da criação da Paróquia Freguesia de Sant’Ana de Contendas, em 14 de julho de 1832, pertencendo à diocese da Bahia (40 anos); em 1872, passa a pertencer à diocese de  Diamantina (38 anos), e em 1910, à diocese de Montes Claros (107 anos), até os dias de hoje.

No Século XIX uma de suas moradoras, Dona Mariana de Almeida doou o terreno para a construção da Igreja que ela mesma ajudou a construir, introduzindo nela a imagem de Senhora Sant’Ana, trazida de Portugal.   Era uma capelinha simples que foi passando por reformas e melhorando cada vez mais sua estrutura, graças aos párocos que por aqui passaram.

Em 09 de setembro de 1940 o vigário Cônego Luiz Caldeira Vale demoliu a Igreja matriz, mas com a ajuda de uma comissão depositária da confiança popular e dele, iniciaram-se os trabalhos da reconstrução da mesma através de recursos adquiridos pela comissão e pelo dinâmico vigário que percorreu a cavalo, todo o município, angariando garrotinhos e outros animais para serem leiloados e doações em dinheiro.

No dia 27 de julho de 1945 inaugurou-se festivamente a Igreja Matriz Senhora Sant’Ana.                     Assim Brasília de Minas ganhou uma das mais suntuosas igrejas de uma monumental beleza.             Pela primeira vez foi tocado o hino à Senhora Sant’Ana, cuja letra é da autoria do promotor Dr. Jair Oliveira e a música da autoria da professora Dona Dulce Sarmento .

HINO À SENHORA SANT’ANA

Sob a paz destes céus de Brasília.     Nossos cantos de amores entoemos
uma doce alegria dimana,                   Com a maior e profunda emoção.
Neste dia ditoso da festa,                     À Senhora Sant´Ana rendamos
Da excelsa Senhora Sant´Ana.           Nosso culto e veneração.

Neste dia de festa e louvores,            Sobem preces ferventes e puras,
Entre hinos de viva alegria,               Dos solares e humildes choupanas
Nós trazemos sinceras homenagem  Rendem todos mil graças, ditosos
Desta fé que nossa alma irradia.        À excelsa Senhora Sant´Ana.

VIGÁRIOS DA PARÓQUIA SENHORA SANT’ANA DE CONTENDAS A BRASÍLIA DE MINAS

Desde a criação da Paróquia até os dias de hoje, abnegados párocos  prestam serviços em Brasília de Minas, dedicando seus ensinamentos doutrinários e suas vidas para o crescimento do Reino de Deus.
De 1806 a 1840- Pe. Antônio Nogueira Duarte e seus auxiliares: Pe. Manoel Duarte Costa (1806); Pe. Vicente de Oliveira Lemos (1807); Pe. Francisco José de Azevedo Lima (1832 a 1835); Pe. Francisco Viana (1839) e Pe. Felipe de Carvalho.                                                                                     1840 (2º semestre) a 1842- Pe. José Lemos da Silva e seu auxiliar: Pe. Antônio Teixeira de Carvalho.
1844 a 1846 – Pe. José de Barros Cavalcante.
1847 a 1856 – Pe. Felipe Pereira de Carvalho e seus coadjutores: Pe. Francisco Pereira da Luz, Pe. Maximiliano da Silva Pimentelo e Pe. Antônio Ferreira de Caires.
1860 a 1867-Pe. Maximiliano da Silva Pimentelo.
1871 a 1899- Pe. Simão Alves Passos e Pe. Carlos Alves Passos (1900).
1900 a 1920 – Pe. José Vieira da Silva e seu coadjutor: Pe. Carlos Alves Passos; após a sua morte, responderam pela freguesia Pe. Joaquim Nery Gangana e Pe. Alexandre Camelo.                               1920 a 1925- Pe. Pedro Ferrari; após sua retirada, responderam pela paróquia Cônego Francisco de Pula J. Moreau (Pe. Chico) e Pe. Amaro Falcão.
1926 a 1940- Pe. Manuel Francisco Calado que foi substituído pelo Cônego Gilberto Krumer.
1940 a 1946 – Cônego Luiz Caldeira Vale.
1946 a 1952- Cônego Pedro Hendricks
1952 a 1956 – Cônego Amando Deryck.
1957 a 1962- Cônego Humberto Murta e seu coadjutor Cônego José de Coen.
1962 a 1971- Cônego Pedro Hendricks; com o seu falecimento, responderam pela paróquia Cônego Hermano José Ferreira (Pe. Dudu) e Pe. João Batista Lopes.
1971 a 1976 – Cônego Fabiano Ésio de Andrade Câmara.
1976 a 1996-Pe Antônio Carvalho Magalhães.
1996 a 1999 – Pe. Marcos Antônio Pereira.                                                                                                      1999 a 29/12/2005 – Pe. Kenedy dos Santos Silva e seus auxiliares: Pe. José Inácio Pereira, Pe Sidney Antônio Ferreira e Pe. Edilson Bonfim da Silva.
29/12/2005 foi nomeado pároco o Pe. Sidney Antônio Ferreira que faleceu em 19/08/2006, sendo o vigário paroquial Pe. Edilson Bonfim da Silva .
19/08/2006 a 24/02/2012 – Pe Edilson Bonfim da Silva.
01/02/2012 a 17/12/2013- Pe. Aylson Bessa Cavalcante e seus auxiliares Pe. Geraldo Afonso dos Santos e Frei João Bernardo.
20/02/2114 a 31/08/2014- Pe. Geraldo Afonso Soares dos Santos e seu auxiliar Pe. Odilon Oliveira.
07/09/2014- Pe. Fernando José de Andrade com os vigários auxiliares: Pe. Antônio Teixeira (2014 a 2015) e  Pe. Maciel Batista Lima.
07/09/2014 até os dias de hoje – Pe. Fernando José de Andrade.

SACERDOTES FILHOS DE BRASÍLIA DE MINAS:

Mons. Gustavo Ferreira de Souza- Ordenação:28/12/1941.

Mons. Henrique Alves de Oliveira Filho: 12/10/1987.

Pe. Joaquim Ferreira de Almeida: 08/12/1993.

Frei Domingos Gonçalves Bento: 26/05/2003.

Pe. Fábio Vieira de Souza: 11/08/2007.

Frei João Bernardo da Cruz : 29/03/2008.

Pe. Fábio Rodrigues:18/09/2010.

Pe. João Batista Rodrigues de Almeida: 02/07/2011

Os nomes e rostos dos párocos que por aqui passaram e dos padres filhos da terra estão expostos em uma galeria histórica no interior da Matriz Senhora Sant’Ana para visitas e conhecimento.
Nestes últimos anos, 2016 e 2017, a Matriz passou por restauração e reforma (Altar, Mesa da Palavra, pintura, calhas, vidraças, bancos, piso, galeria e sacristia) por ocasião da comemoração dos 185 anos da Paróquia. A vida pastoral e missionária também segue de forma satisfatória fazendo com que a Igreja seja uma presença viva nas diversas Comunidades e nos diversos contextos desta sociedade brasilminense, sobretudo onde as realidades são mais sofridas. Assim, a Paróquia Senhora Sant’Ana de Brasília de Minas comemora seus 185 de evangelização e segue fazendo história séculos a fora…  (Maria Inês de Matos Gonçalves)

Mais informações Secretaria Paroquial:  Tel.: (38) 3231-1228

____________________________________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

 

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2021› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...