Notícias

Santos nomeiam Faz. da Esperança

As duas Fazendas da Esperança inauguradas no último sábado, (15/12) em Berizal e Taiobeiras no Norte de Minas receberam nomes de Santos. São Leopoldo foi dedicado à casa masculina e Santa Helena à casa feminina. Durante a homilia, Dom José Alberto Moura que lembrou a Festa de Santa Tereza D´Avila neste dia, disse que era preciso saciar os instintos e que Jesus propõe outro tipo de razão de ser da vida. O amor se paga com amor. Amor é a doação total em bem ao outro sem levar nenhuma vantagem, apenas amar. “É preciso procurar o bem estar e o prazer num ideal elevado. Onde está o teu tesouro aí esta teu coração. Muitos erram as vezes o enfoque querendo ser feliz só no saciar os instintos. Se estamos aqui nesta fazenda da esperança São Leopoldo é porque acreditamos num ideal elevado”, concluiu o arcebispo.

Participaram da solenidade de inauguração a Diretoria Nacional da Fazenda da Esperança representados ali pelo Presidente Pe. Luiz, Nelson e Iracy. O padre africano José Chitumba Samalambo recuperado em uma das fazendas da esperança no Brasil quando dependente de álcool acometida por demais tristezas de sua história de vida disse: “Sempre que assisto inauguração da fazenda da esperança recordo com emoção as palavras de Jesus – Cumpriu hoje mesmo aquilo que acabais de ouvir – é hoje que devemos levar a esperança aos descartados da sociedade, aos sem nome, aos sem título de vida. Aos que entraram com muita facilidade às vezes e se tornaram dependentes das escravidões da vida que o mundo de hoje propõe e oferece”. Lembrou o Papa Francisco quando diz o cristão deve sair do conforto e do egoísmo para ir ao encontro daqueles que sofrem. Finalizou emocionado o sacerdote.

Estiveram presente na solenidade autoridades e civis. A unidade masculina fica localizada no Km 37 da Estrada Berizal. A unidade feminina fica no Povoado Umbuzeiro (Mirandópolis), em Taiobeiras. As duas fazendas tem neste momento capacidade para 30 pessoas em cada unidade.

História sobre a Fazenda da Esperança – Em 1983, um jovem de 17 anos, natural de Guaratinguetá (SP), Nelson Giovanelli, todos os dias, quando voltava da missa, ele passava por uma esquina onde outros tantos jovens se drogavam. Na Igreja ele ouvia Frei Hans pregar sobre a importância de amar os excluídos da sociedade. Motivado por aqueles ensinamentos, Nelson tomou coragem e se aproximou dos jovens.

Uma semana depois, Antônio – um daqueles jovens – pediu ajuda porque queria deixar de fumar maconha para não ver mais sua mãe sofrer. Logo vieram outros pedirem ajuda. Eles ganharam uma Fazenda no bairro Santa Edwiges e ali começou a experiência de recuperar dependentes químicos.Cinco anos depois, num apartamento do bairro do Pedregulho, também em Guaratinguetá, iniciou-se o acolhimento de mulheres, feito por Lucilene Rosendo e Iraci Leite, as primeiras voluntárias a se dedicarem nessa experiência.

Até 2007, existiam aproximadamente 45 Fazendas. Naquele ano o Papa Bento XVI veio ao Brasil, em Aparecida (SP), e Frei Hans o convidou pessoalmente para conhecer a Fazenda da Esperança no bairro Pedrinhas, em Guaratinguetá. Ele foi, falou aos jovens, ouviu-os e num gesto de carinho caminhou entre eles.

A projeção da visita do Papa fez com que aumentassem muito as doações de terra para abertura de novas Fazendas da Esperança. Atualmente existem 117 comunidades espalhadas por 17 países, tanto para homens, como para mulheres. Em todas as casas são acolhidos mais de 2.500 jovens.

Por trás das Fazendas existe um grupo chamado Família da Esperança, uma Associação Internacional de Leigos reconhecida pela Igreja. Dele fazem parte cerca de 700 pessoas, sejam casados ou solteiros, que se dedicam integralmente aos jovens.

A Fazenda nasceu em berço católico e seus membros vivem essa prática, mas acolhe pessoas aprisionadas nos vícios, independente da convicção religiosa.

Para informações e vagas nas duas fazendas entrar em contato com os responsáveis: Casa feminina: Cristiany 9 9843-1161 Casa Masculina : Valcir 9 9978 5878

fazenda-1 fazenda-2 fazenda-3 fazenda-5 fazenda-6 fazenda-7 fazenda1-1 fazenda1-2 fazenda1-3 fazenda1-4 faznda

***Todas as fotos podem ser conferidas na Fanpage da Arquidiocese no facebook. Fotos enviadas por Valim Rodrigues Rocha

____________________________________________
***Viviane Carvalho – Assessoria de Imprensa Arquidiocese de Montes Claros (38 Vivo) 9905-1346 (38 claro) 8423-8384 ou pelo e-mail: [email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...