Bispo

Sede Vacante

Segundo o Código de Direito Canônico “a Sé Episcopal se torna vacante pela morte do Bispo diocesano, pela renúncia aceita pelo Romano Pontífice, pela transferência e pela privação intimada ao Bispo” (Cân. 416). A Arquidiocese de Montes Claros está vacante desde o dia 9 de dezembro de 2021, quando o Papa Francisco nomeou o até então Arcebispo Metropolitano Dom João Justino de Medeiros Silva para a missão de Arcebispo da Arquidiocese de Goiânia. No intervalo previsto entre a conclusão da missão em Montes Claros e a posse canônica em Goiânia, o arcebispo transferido atuou com poderes de Administrador diocesano (Cân. 418, § 2). Após a sua posse como arcebispo em Goiânia, dia 16 de fevereiro de 2022, o Colégio de Consultores reuniu no dia 18 de fevereiro de 2022, para eleger o Administrador diocesano (Cân 421, § 1) que governará a Arquidiocese até a posse do novo arcebispo (Cân. 430, § 1). O sacerdote eleito foi o Monsenhor Silvestre José de Melo. (Clique aqui e saiba mais sobre a eleição.)

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Artigos de Dom João Justino

Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG)

Luz para os Meus Passos

AGENDA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹out 2022› » 

REVISTA

 

ENQUETE

No ano em que realizaremos a IV AAP (Assembleia Arquidiocesana de Pastoral) a Diocese de Montes Claros comemora quantos anos de criação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...